+ A Oficina +

Começámos pela criteriosa selecção de Cameleira Japónica, madeira nobre, compacta e lustrosa.
Carlos Batalha exerce, de seguida, o seu saber…
No torno de madeira é definido o diâmetro desejado.
O corte transversal é feito numa serra de fita, com a espessura desejada. Segue-se o furador de coluna onde são feitas as furações.
O toque final é dado com recurso à lixa e ao polimento com cera de abelha.
Nasce assim o botão.